Mesa de Negociação Saúde, Apoio e Vigilância

Mesa de Negociação Saúde, Apoio e Vigilância
Publicado em 25/05/2017
 
 O SINTRAMB informa que, sexta-feira, dia 19/05/2017, protocolou junto ao Gestor Municipal uma solicitação de MESA DE NEGOCIAÇÃO para tratar das PERDAS SALARIAIS das categorias da SAÚDE, APOIO e VIGILÂNCIA. 
De acordo com a assessoria jurídica da entidade, que analisou os PLANOS DE CARGOS E SALÁRIOS, os vencimentos dessas categorias deveriam ter sido reajustados em JAN/13, no percentual de 9,00%, em JAN/14, em 6,78%, em JAN/15, em 8,84%, em JAN/16, em 11,68% e em JAN/17, em 6,47%, cuja perda salarial chega ao percentual de 42,78%, congelamento este, que, por consequência, atinge todas as gratificações e vantagens de ordem pessoal do/as servidores/as, como por exemplo: o quinquênio, a gratificação de risco de vida, o adicional noturno, a gratificação de jornada dupla, a gratificação de serviços prestados em finais de semana e feriados, dentre outras.
Importante destacar que, em função do descumprimento acintoso dos PCCR’s, a grande maioria dos/as servidores/as está se aposentando com proventos reduzidos ao salário mínimo, independentemente do tempo de serviço prestado, o que fere as garantias previstas nos artigos 7º, 37, X, 38, 39 e 40, da CF/88. 
Além disso, a grande maioria dos/as servidores/as recebe a cota de salário família na mísera quantia de R$ 0,65 (sessenta e cinco centavos).
O adicional de insalubridade, por exemplo, não vem sendo pago aos profissionais da Saúde, como: médicos/as, enfermeiros/as, técnicos/as de enfermagem, etc. E, em que pese à ocorrência de diversas reuniões com o atual Gestor, inclusive com o compromisso do líder do governo na Câmara Municipal - no empenho da aprovação de um crédito suplementar que contemplaria esse direito aos agentes comunitários de saúde e aos agentes de combate às endemias, nada de concreto ocorreu até o momento.
Da mesma forma, o vale transporte, direito este contemplado em todos os Planos de Cargos e Salários não vinha sendo cumprido nas Gestões anteriores, tão pouco na atual, cuja despesa o/a servidor/a vem sendo obrigado/a cobrir integralmente com seu salário.
O desrespeito aos direitos adquiridos dos/as servidores/as de Bayeux tem sido uma constante histórica, cuja situação a atual Diretoria do SINTRAMB tem-se preocupado, na tentativa de saídas negociadas com a Gestão Municipal. Esperamos que haja avanço nas negociações, o mais rápido possível, no intuito de que sejam atendidos, ao menos, os pleitos relativos às perdas salariais, para a manutenção do poder aquisitivo dos salários.
Por esses motivos, o SINTRAMB convoca os/as servidores/as da Saúde, do Apoio e da Vigilância para se juntarem ao sindicato na luta local pelo cumprimento de seus PLANOS DE CARGOS E SALÁRIOS e por NENHUM DIREITO A MENOS!
Segue agendamento das mesas de negociações dessas categorias, agendadas na tarde dessa quarta-feira, dia 24/05/2017:
30/05 (terça-feira) às 10h – mesa de negociação para a categoria da saúde
08/06 (quinta-feira) às 15h – mesa de negociação com as categorias do apoio e vigilância.